quarta-feira, 24 de junho de 2009

Criopreservação das Células Estaminais

No momento em que ficamos a saber que vamos ser papás ou mamãs, passa-nos uma imensidão de coisas pela cabeça mas a verdade é que na hora, criopreservação é algo que não nos ocorre! As emoções, a surpresa, a alegria, ansiedade, receios... são tantos que este torna-se um assunto secundário (pelo menos com esta mamã foi assim). Contudo, depois da primeira consulta, quando nos começamos a aperceber que "ai meu Deus! Eu estou grávida! Eu vou ser mãe! Eu vou ser pai! Isto não é um sonho, é real! EU VOU TER UM FILHO!..." , quando tudo se começa a materializar, aí sim, aí é um tema que nos passa muito pela cabeça. Criopreservação - será que vale a pena?; Será fiável?; Um bom investimento ou algo que até nem será assim muito importante?... Cada um terá a sua opinião!

No nosso caso, eu já tinha bem presente que quando acontecesse era algo que queria fazer. Porque não abdicar de certos comodismos e investir em algo que sendo fiável ou nem tanto, não me iria deixar com peso na consciência por não ter feito?

Numa das idas ao GO, lá fui eu com a lista das perguntas que queria fazer (sim, é verdade, costumo fazer uma lista para não me esquecer de nada) e quando já só faltava fazer uma pergunta, eis que o GO me pergunta: "E não quer falar da criopreservação? Acho que é importante! - Era mesmo isso que lhe ia perguntar agora Dr...". Deu-nos uma série de folhetos e o conselho foi: "Eu sou da opinião que devem fazer a criopreservação. É mais seguro do que não ter nada e se puderem dispender o dinheiro não pensem duas vezes. É óbvio que não vamos estar a pensar no pior, mas se acontece aos outros também nos pode acontecer a nós e podendo evitar as coisas..." Mediante isto, ainda fiquei mais convencida, sempre era um clínico a falar e não propriamente um leigo, (claro que respeito aqueles que optam por não fazer. Como se costuma dizer: cada cabeça sua sentença). Aconselhamo-nos com ele sobre qual o laboratório a escolher, visto que os preços são bastante equivalentes, e depois foi mesmo pesquisar mais em casa e o tempo foi passando.

O kit já está cá em casa. Estou apenas à espera dos resultados da análise que fui fazer, para enviar para o laboratório e dar andamento ao processo. A brincar, a brincar, isto é um ápice e já já o André está cá!


E vocês? O que pensam da criopreservação?

3 comentários:

  1. Lá está, cada profissional tem a sua opinião,ao falaemos nesse asunto com a nossa médica, disse-nos se pensavamos ter um segundo filho fazer a criopreservação nessa altura... No entanto, optamos por fazer já. concordamos contigo "e se um dia for preciso?(esperemos que não) mais vale fazer já do que ficar com o peso na consciencia "

    Bjs e abraços

    ResponderEliminar
  2. Damos-lhe os parabéns por este espaço de partilha de emoções tão bem construído e muito bonito sem dúvida. Falamos-lhe da Bioteca e convidamo-la a visitar o nosso laboratório em Lisboa onde teremos o maior gosto em receber a sua visita e do futuro papá claro. Até breve.

    ResponderEliminar
  3. ola! é a primeira vez que visito o blog e gostei muito.parabens ;)
    eu fiz a crio para a minha primeira filha e vou fazer agora para a 2ª tb ja tenho o kit em casa ;)
    tudo de bom
    beijinhos

    ResponderEliminar